Tendência forte nas estações passadas, a moda mãe e filha (ou “tal mãe, tal filha”) veio para ficar! Antes ela era usada pelas mamães em eventos especiais, como aniversários e festas mais sofisticadas; hoje, ela é explorada em looks do dia a dia. Muito usada pelas famosas como Kate Holmes, Jéssica Alba e suas respectivas filhas, essa tendência vem ganhando muito espaço nas araras das lojas, tornando-se um segmento de moda. Existem marcas no mercado que já produzem coleções completas focadas nas mamães e suas pequenas (de 0 a 8 anos). 

Para ajudar as mães “fashionistas”, este post mostra os motivos para apostar nesse estilo. Ficou curiosa? Então continue lendo!

Praticidade para o dia a dia

Vestir os filhos em uma determinada faixa etária é uma verdadeira maratona, porém, ao explorar o encanto que as meninas costumam ter pelas roupas das mães, cria-se cumplicidade entre as duas e praticidade no momento de se vestir. Essa sintonia pode facilitar o dia a dia e ajudar as mães a se manterem vaidosas.

Para as ocupadas mamães, a moda mãe e filha deixa a hora de sair mais simples, sem abrir mão do charme que é importante para as duas. Geralmente caprichamos na roupinha dos pequenos e se temos outros filhos, o tempo fica escasso e acabamos por deixar os cuidados com as nossas roupas de lado. Como as peças seguem as estações e atendem às necessidades da mãe e da filha, você pode escolher a sua roupa e, como consequência, terá escolhido a roupa da pequena. Sem erros ou deslizes, as duas estarão lindas e de acordo com o clima e a ocasião. Arrumar sua fashionista se torna algo prazeroso, sem correria e estresse. 

Por exemplo, no inverno, vestidos de plush ficam lindos com meia-calça. Então, se for sair e a temperatura estiver mais baixa, invista nesse look para vocês. Arremate com uma bota e as duas estarão prontas.

Design da moda mãe e filha

Boas marcas têm a preocupação de produzir peças que valorizem o lado adulto da mãe e o lado infantil da filha, então preze por esses aspectos na hora da compra. As coleções de moda mãe e filha são mescladas com peças idênticas (cores, estampas e padronagem) e peças parecidas (estampas iguais, cortes diferentes). Um ótimo exemplo disso são os vestidos, que são acinturados e evidenciam as formas do corpo da mamãe, enquanto as filhas ganham vestidos com a mesma estampa e comprimento, porém modelagem mais ampla.

Atualmente é possível encontrar muitas empresas investindo em moda mãe e filha, arrasando no mercado com coleções lindas. Os modelos são de bom gosto e atendem a vários estilos, com camisas, vestidos curtos e longos, conjuntinhos, saias, regatas e até moda praia. 

Qualidade

Aderindo ao estilo mãe e filha, temos mais segurança em estar comprando roupas de qualidade. As roupas infantis devem ser confeccionadas com tecidos adequados, como o algodão, e evite ao máximo os tecidos sintéticos no guarda-roupa dos filhos — empresas sólidas no mercado te darão essa garantia.

Ao criarem suas próprias estampas (uma das principais características da moda mãe e filha), essas empresas tendem a se responsabilizar pela produção dos tecidos também. Esse processo permite um maior controle de qualidade, independentemente da produção ser direta ou indireta. Logo, você estará fazendo escolhas mais seguras para suas pequeninas e se beneficiará também, pois a mesma matéria-prima será usada para a mamãe.

A moda mãe e filha torna o dia a dia mais produtivo, mais divertido e ajuda as mães a investirem na sua autoestima, que, por vezes, é deixada de lado em razão da correria do trabalho e dos compromissos.

Quer mais dicas sobre as possibilidades que a moda oferece aos nossos filhos? Não deixe de nos seguir nas redes sociais.