Depois da escola ou das atividades fora de casa, os pequenos voltam sujos, como toda criança saudável, não é mesmo? E, algumas vezes, eles vêm com um cheiro bem ruim nos pés. Mas nem sempre apenas lavar os calçados adianta para tirar o famoso chulé, já que é necessário ter um cuidado constante.

Por isso, preparamos 7 dicas para você se livrar e prevenir o mau cheiro em sapatos infantis. Confira!

1. Use bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é um ótimo desodorante para praticamente qualquer superfície e tecido. Com os sapatos não é diferente. Pode ser usado aplicando diretamente nos calçados ou diluído em água. Só não se esqueça de tirar bem o excesso depois.

Uma boa ideia é fazer saquinhos de tecido cheios de bicarbonato de sódio e colocá-los dentro dos sapatos durante a noite. Assim, a umidade é absorvida e as bactérias que causam o mau cheiro são neutralizadas.

2. Aplique talcos e produtos específicos

Essa solução pode servir tanto para tirar o cheiro dos sapatinhos quanto para preveni-lo. Use sabonetes antibacterianos para lavar os pés dos pequenos e talcos específicos nos sapatos para remover o cheiro.

Se você achar necessário, pode aplicar um pouco de talco para crianças nos pés antes de colocar as meias. Assim, o suor é absorvido e fica um cheirinho melhor por mais tempo.

3. Congele os sapatos

Esta dica parece meio maluca, mas, acredite, funciona! Congelar os sapatos por algumas horas ajuda a matar as bactérias que causam o mau cheiro. É uma boa solução caso você não tenha muito tempo para ficar limpando e secando os sapatinhos. Coloque-os em um saco plástico bem fechado e deixe no congelador por no mínimo quatro horas.

4. Use meias adequadas

Prefira comprar meias de algodão e tecidos naturais, que absorvem melhor o suor e ajudam a arejar os pés. Essa lógica se aplica a praticamente todas as roupas, principalmente roupas íntimas. Cuide para que as crianças não usem os mesmos pares de meias mais de uma vez. O ideal é sempre usar meias limpas.

5. Guarde os sapatos em local arejado

Sabe aquela sapateira fechada? Se livre dela. O melhor é guardar os sapatos em local com bastante circulação de ar. Assim, eles secam mais rapidamente e as bactérias não têm chance de se proliferar. E você sabe, elas adoram um lugar escuro e úmido, exatamente como a sapateira escondida e fechada.

6. Escolha sapatos adequados

Nesse caso, segue-se a mesma lógica da escolha para meias. Prefira tênis e sapatos que deixam os pés respirarem e secarem mais rápido. Calçados com boas palmilhas e feitos de tecidos esportivos também são ótimas opções.

7. Não deixe as crianças de sapatos fechados por muito tempo

Passar um tempo descalço ou de chinelos pode fazer bem para os pequenos! Sempre que possível, coloque-os para dormir sem meias e incentive o uso de sandálias. Assim, os pés respiram e previne-se o crescimento das bactérias e fungos entre os dedos.

Manter longe o mau cheiro em sapatos infantis é um processo constante, que nem sempre tem soluções rápidas ou definitivas. Mas, com as nossas dicas, esperamos que esse trabalho fique mais fácil!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!