Os pés do seu filho estão sempre em constante crescimento. Algumas vezes, inclusive, é preciso trocar os calçados em mais de uma ocasião, não é mesmo? Contudo, é essencial estar sempre atento a eles, pois o modelo errado pode provocar bolhas, dores musculares e problemas no desenvolvimento da garotada.

Por essa razão, listamos algumas dicas indispensáveis ao escolher o tênis ideal para as crianças. Confira:

1. Analise o tipo de pisada da criança

Para que você possa encontrar o tênis ideal para crianças, é preciso levar o seu filho a um ortopedista. Essa visita médica é essencial para que você descubra qual tipo de pisada ele tem, seja ela supinada, pronada ou neutra.

Essa informação é de grande valia porque permite encontrar o modelo de tênis indicado para o pequeno que não cause vícios posturais ou lesões na coluna, no joelho ou nos tornozelos.

2. Fique atento ao material do calçado

Um calçado precisa ser, além de seguro, extremamente confortável para a criança durante a sua rotina. Por isso, é preciso que você fique atento aos modelos disponíveis para evitar aqueles que sejam apertados, que ocasionem bolhas ou que provoquem chulé pela qualidade inferior do produto.

Uma boa sugestão é sempre dar preferência a versões feitas com lona, camurça, nylon e tecido — que, além de mais flexíveis, também são muito mais fáceis de higienizar.

Tênis com velcro também são outro ponto importante, pois facilitam o ato de calçar para crianças menores que não sabem amarrar o cadarço e que podem se machucar ao escorregar enquanto os nós estão soltos.

3. Escolha o modelo de tênis ideal para crianças

A escolha do tênis não deve se basear unicamente no quesito aparência. É importante que o calçado seja o indicado para a situação na qual o seu filho se encontra.

Por exemplo: os sapatênis são um modelo ideal para ambientes e ocasiões mais formais devido à sua estilização.

Os tênis, por sua vez, são melhores para a prática esportiva ou para situações nas quais a criança estará correndo e se divertindo, ou seja, precisará de resistência, sistema antiderrapagem e amortecedores, que aliviam o impacto dos pés no chão.

Já as botas são excelentes para o inverno por aquecerem os pés e perfeitas para ambientes onde é preciso proteção reforçada.

Por fim, os chinelos devem ser usados em momentos informais para que o pequeno não fique em contato direto com o chão.

4. Não erre na numeração

Um dos pontos cruciais ao pesquisar pelo tênis ideal para crianças é estar atento à numeração. Isso porque muitos pais insistem em cometer o erro de comprar um par com a numeração superior à do filho com o intuito de que ele dure mais.

Acontece que essa decisão pode ser extremamente prejudicial à estabilidade do menor, que enfrentará uma série de problemas, como falta de equilíbrio, lesões e bolhas, especialmente ao praticar alguma atividade física.

Como resultado, ainda podem cair, tropeçar e se machucar seriamente ao torcer um ou mesmo os pés.

Gostou de ler sobre calçados infantis? Então não deixe de compartilhar este texto com seus amigos nas redes sociais!