Os gêmeos Pedro e Rita celebraram seu primeiro ano de vida com direito a uma festa em grande estilo! Mas, ao abrir os embrulhos dos novos presentes, os pais da dupla tiveram dúvidas sobre um artigo em especial: as roupas infantis. Será que as novas peças estão de acordo com o que as crianças dessa faixa etária devem usar?

Já passou por esse tipo de situação e gostaria de saber quais itens não podem faltar no guarda-roupa do seu pequeno? Então, continue a leitura para descobrir os cuidados que você precisa ter ao escolher as roupas de bebês de 1 a 3 anos de idade.

Opte por roupas infantis confortáveis e maiores

Como as crianças costumam crescer muito rápido nos seus primeiros anos de vida, escolha roupas em tamanhos maiores do que aquele que elas vestiriam naturalmente.

Priorize trajes confortáveis, que facilitem os movimentos dos pequenos. Nessa fase, as crianças estão descobrindo o mundo, por isso é natural que elas pulem, se joguem no chão e façam uma série de estrepolias.

Escolha trajes que sejam fáceis de colocar e de tirar

A praticidade deve ocupar boa parte do guarda-roupa da criançada, com artigos que sejam de manejo rápido. Por isso, evite roupas cheias de botões e fivelas, para que o pequeno não viva um pesadelo diferente cada vez que for se trocar.

Além de evitar que o bebê chore ou sinta algum desconforto, essa tática também poupa o tempo dos pais na hora de colocar ou tirar as vestimentas. Fique de olho para que as roupas sejam apropriadas e práticas tanto para os dias mais quentes quanto para os mais frios.

Não se esqueça da roupa de baixo

Nessa faixa etária, os pais já podem começar a acostumar as crianças ao uso das cuecas ou calcinhas. Opte por conversas lúdicas, que já conscientizem os pequenos sobre a importância da higiene íntima.

Aprenda a tratar as inevitáveis manchas

Os pais precisam ter em mente que não conseguirão evitar que os trajes dos bebês se sujem. Para lidar com esse tipo de situação, é importante que as roupas infantis sejam de tecidos naturais e que possam ir à máquina.

Na hora da refeição, babadores podem fazer maravilhas pelas roupinhas das crianças, evitando que as manchas se acumulem.

Aposte na variedade

No final das contas, vale sempre ficar de olho na variedade das peças que as crianças terão à disposição. Aposte nos conjuntinhos de camisetas e calças, bermudas ou saias, sempre optando pelo conforto e bom acabamento.

Combine também os novos artigos com os que já estavam no guarda-roupa da sua criança e, sempre que possível, opte pela reciclagem.

Dê asas às fantasias da criança

Nessa faixa etária, é comum que os pequenos sejam convidados para festas à fantasia. É a oportunidade perfeita para deixá-los a cara dos seus personagens favoritos. Além da criatividade para escolher o melhor traje, é preciso, novamente, estar de olho no conforto e na praticidade da peça.

Roupas infantis bonitas, aconchegantes e fáceis de trocar garantirão que o seu filho tenha uma infância divertida e inesquecível. Por isso, fique atento às dicas deste post e confira se o guarda-roupa do seu filho possui os itens que se enquadram nas especificações descritas acima.

Gostou das nossas dicas? Então, siga as nossas redes sociais para ficar por dentro das próximas atualizações e receber novas informações que serão úteis para você e seu filho!