Na maioria das vezes, viajar com os filhos ajuda a redefinir o seu conceito de aventura. Então, se emoção é algo não deve faltar nessa jornada, você pode poupar algumas dores de cabeça se preparando para garantir que na mala haja roupas confortáveis para as crianças. Afinal, peças apertadas, frouxas e quentes demais (ou de menos) estragam a diversão deles e, com certeza, a sua.

Pronto para preparar as malas? Continue a leitura a confira algumas dicas que vão te ajudar a escolher roupas super confortáveis para uma viagem incrível! 

Mudaram as estações

O primeiro passo é se alinhar com o calendário e o termômetro. Se a expectativa é de frio, o segredo é buscar tecidos quentinhos e macios, que mantenham o conforto térmico. Já, se a ideia é praia e calor, você vai levar muito menos roupa e sempre com tecidos leves.

Juntamente com o clima, você deve levar em conta a duração da viagem. São poucos dias ou estamos falando de semanas? Essa etapa ajuda, inclusive, a colocar na mala roupas que, de fato, serão usadas, evitando aquele excesso que só atrapalha. Uma boa média é a de duas trocas de roupas por dia.

A caminho das férias

Não podemos deixar de fora a roupa que os pequenos usarão na viagem de ida (e volta)! Seja de carro ou de avião, a viagem pode ser demorada e durar horas. Neste momento, o conforto é o fator mais importante que você deve considerar para que a criança possa fazer uma viagem tranquila e sem maiores desconfortos.

Para as viagens de avião, separe uma calça bem confortável que esquente as pernas dos pequenos e não amasse, uma blusa de manga comprida e um casaco. A temperatura dentro do avião é baixa e nem sempre aquela mantinha disponibilizada pela companhia aérea é suficiente para se manter aquecido.

Para as viagens de carro, você pode optar por um calça leve, uma blusa de manga curta e um casaco. Em relação ao calçado, escolha um tênis bem confortável e fácil de calçar. Ah! Não se esqueça de levar uma muda de roupa a mais para trocar em caso de necessidade.

Opções para a praia e climas quentes

Quando se trata de praias e climas quentes em geral, o objetivo a ser alcançado é a leveza: nos tecidos e no desenho. Peças “dois em um”, como calças que viram shorts, são recomendadas por aumentar as possibilidades enquanto poupam espaço.

No quesito quantidade, há variações entre meninos e meninas. Enquanto elas precisam de três ou quatro biquínis para conciliar a higiene e a vaidade, para eles bastam duas sungas.

Mas nem só de roupa de banho vive o verão, eventualmente, ocasiões noturnas podem pedir uma roupa um pouco mais caprichada: vestido para as meninas e camisa polo para os meninos podem ser boas soluções. Para elas, vale a pena levar um casaco leve para colocar sobre o vestido, como proteção do vento da noite.

Opções para frio e neve

Se a ideia é enfrentar frio de verdade, os cuidados devem ser redobrados, literalmente! Por exemplo, leve dois tipos de meias: de algodão de lã. A proporção é uma de lã para cada suas de algodão. Aliás, as peças de lã são indispensáveis, mas sempre devem ser vestidas sobre outras, como as de algodão, para evitar alergias.

Para os meninos, leve algumas ceroulas. Elas são boas para dormir e podem ser usadas por baixo das calças, como proteção extra contra o frio. Luvas forradas com tecido de algodão e cachecóis são fundamentais para meninos e meninas.

Opções para o campo

Como as possibilidades de atividades são muitas (montar, nadar, fazer trilhas), é preciso ter uma ideia da programação para escolher as roupas adequadas.

De qualquer forma, calças jeans e de moletom são itens garantidos na mala. Para as meninas, a jardineira também é uma boa escolha, pois permite variações apenas trocando a blusa que está por baixo.

E uma dica final: separe e arrume as roupas confortáveis para as crianças sempre com antecedência. Se deixar para última hora, pode ter certeza, você vai se esquecer de algo.

Curtiu as nossas dicas? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Eles vão gostar e a gente também!