Basta se tornar mãe para perceber o quanto as roupinhas que você ficou tanto tempo namorando se perdem rápido, não é mesmo? Nossos bebês crescem de maneira acelerada e, de um mês para o outro, as peças já não servem mais. Nesse momento, a reciclagem de roupas é o recomendado. 

No entanto, o dilema de muitas mães é justamente o que fazer com essas roupinhas novas, de qualidade e que, aparentemente, não têm nenhuma utilidade mais. Para conhecer algumas opções de que caminho seguir, confira nosso post!

Desapegue

Muitas pessoas ficam presas a roupinhas bonitinhas que compraram para os filhos, tendo uma grande dificuldade em desapegar. Por mais comum que isso seja, entenda que, se a roupa não tem funcionalidade, tudo que ela pode fazer é ocupar espaço no armário do seu filho.

Ao invés disso, a doação pode ser uma atitude nobre e que ajuda muitas outras crianças. Pode ser que, no começo, você fique receosa e apegada, mas a experiência de doar e acompanhar o impacto que isso pode causar em outras famílias é recompensador.

Venda para uma loja de produtos usados

Os brechós infantis têm se difundido muito no Brasil, afinal de contas, você consegue encontrar vários estilos de roupas, para todas as idades e bem mais em conta. E se engana quem pensa que as peças estão estragadas ou velhas — muitas delas foram usadas apenas uma ou duas vezes.

Com essa tendência, você pode entrar em contato com essas lojas para vender as roupas seminovas do seu filho, conseguindo recuperar uma parte do valor investido. Também vale a pena alongar um pouco a visita ao brechó: quem sabe você não encontra algumas peças novas para o seu filho lá mesmo?

Troque com outras mães

Se o seu problema é tamanho, você pode realizar trocas com algumas mães. Embora essa iniciativa usualmente aconteça de maneira mais informal, já existem alguns grupos que marcam encontros ou reuniões para trocarem as roupas dos filhos. Nada como estreitar os laços da comunidade materna, de uma maneira em que todas saem ganhando!

Customize de forma criativa e faça a reciclagem de roupas

Para as mamães mais criativas, a customização pode se revelar uma ótima oportunidade. Alguns vestidos pequenos podem dar lugar a batas ou blusinhas, assim como as calças podem virar shorts ou bermudas. Tudo depende do desenvolvimento do seu filho e, acredite, essa é uma das maneiras mais eficientes de fazer a reciclagem de roupas.

Reaproveite de outra maneira

A reciclagem não precisa estar relacionada a outras crianças. Elas podem, por exemplo, ser reaproveitadas como roupinhas para as bonecas — e as crianças adoram ver suas roupinhas dessa forma. Você também pode adaptar como uma roupinha para pet ou qualquer outra maneira que seja viável: é só deixar a imaginação e a necessidade apontarem algum caminho a seguir.

A reciclagem de roupas é um caminho necessário, já que as crianças “perdem” as roupas e calçados com uma rapidez incrível. Com um pouco de criatividade e disposição você consegue reutilizar as peças perdidas e ainda ajudar outras pessoas na mesma situação.

E, para ajudar ainda mais, leve esse conteúdo a outras mamães compartilhando-o em suas redes sociais agora mesmo!